Nothing

quarta-feira, 31 de março de 2010


"Queria que me ouvisses e que falasses comigo. Mas não te queria ver, não queria que me visses. Assim"
(Miguel Sousa Tavares - No Teu Deserto)
  

13 comentários:

Puky disse...

Gostei muito do teu blog * tou a seguir :)

Passa no meu: lifeislifelam.blogspot.com

» é a Cris disse...

- agora que leio isso , olho e vejo que passei por isso .

Juliana disse...

primeira coisa que disse quando li o teu comentário:
« - que fofinha :') »
foste mesmo,
e puseste-me a pensar,
(o que é bom)
mas é difícil acreditar em nós próprio,
pelo menos para mim é, (MUITO).

mais uma vez obrigada :)

Joana Carvalho disse...

ohh qe qerida *.*

obrigada pela força :)

Puky disse...

Pois, parece que vamos ter que ficar na dúvida -.-
Mas é uma dúvida que dói!

Bjs

Juliana disse...

tens que ver,
é tão lindo, lindo :)

oh, obrigada :')
tu também,
e outra grande qualidade tua,
és seres croma,
pelo menos pareces :b

(atenção que também sou, e muito) xD

Carolina disse...

Frase mais linda :D

Zanna disse...

que lindo ^.^

por vezes nao ha uma luz ao fundo do tunel.
por vezes temos medo de a encontrar :)

Joana Carvalho disse...

ohh, obrigada qerida *.*

HUGO MOTA disse...

Não é ser frio.. todos temos raiva de certas coisas de vez em quando, achei que essa raiva poderia ser utilizada em algo ''útil'' como a produçao de um texto. Mas obrigado pelo conselho e parabéns pelo Blog :)

Joana Carvalho disse...

obrigada *.*

Juliana disse...

já me passou aquela panca,
finalmente,
mas volta sempre..

és parecida comigo,
eu acho :)

Juliana disse...

dança,
eu acho mesmo,
na parte que toca a cromisse :b