Nothing

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

és daquelas pessoas que perder-te se torna uma palavra impensável :$

E um dia um papel que me chegou às mãos dizia assim...

" :
Eu sei que às vezes é muito difícil sorrir (...não percebo o que escreveste aqui). Sei que temos dias bons e dias menos bons, porque dias maus não existem!!
Uma coisa que eu aprendi foi a viver, viver feliz,... Como o disseste sofri muitas vezes, mas todas essas fizeram com que crescesse e que para a próxima não cometa esses erros, fizeram com que tempos depois sorria! : ) O sofrimento faz parte da vida e sem ele a vida é apenas uma viagem de barco numa "viagem de sonho"... Ela é muito mais que isso.
Sei que também já sofreste muito! Por isso, tentei estar ao teu lado e apoiar-te, ouvir-te, compreender-te, pois sei o quanto o sentimento de culpa, estupidez, ingenuidade nos suporta.
A minha missão era estar lá e tentei fazê-lo, por isso não me podes agradecer, pois era esta a minha parte quando a amizade nos uniu.
Agora, o meu dever, é estar lá quando mais precisares e podes ter a certeza que é isso que eu vou fazer.
Às vezes pode não parecer, sei que às vezes também ajo mal e sei que muitas vezes erro, mas o que me deixa mais feliz é ver-te bem, a ti e às outras!!
Obrigado, também, por teres estado lá quando foi preciso. Obrigado pela tua compreensão. Obrigado pela ajuda. Obrigado...
Obrigado por tudo!
Não há muito mais a dizer para uma amiga como tu...  (agora vem a parte da carta em que se nota quem é que a escreveu)
"I kiss the girl, and I liked..." é de facto um bom começo, mas não uma boa acção... e não acredito que será um bom fim...
Pois será melhor: "I have a friend, and I "love her"..." By: Rita N.

Quando menos precisares, eu estarei lá (pois será quando não queres); OU Posso mudar de ideias e estar lá SEMPRE!


Rita N."

Este papel penso que faz parte do núcleo de cartas de 2009. Que saudades desses tempos em que não pensávamos no que iria acontecer quando acabássemos o 12º ano. Todas as separações que nos esperam. Vou gostar sempre muito de ti, e tu sabes disso. És bastante importante. Forever "minha parva" <'3

9 comentários:

FENIX disse...

Oh rapariga, toda a gente consegue ser feliz.

Só se tem de deixar o medo, a infelicidade, os problemas, quase tudo de lado e trazer ao de cima as coisas boas. E é aí que entra a pouca loucura que faz com que sejamos felizes no meio de isto tudo :D

Tu consegues. Toda a gente consegue :D

Adrianaa disse...

ahah, fooi uma carta adorável :3

Rita N. disse...

Ontem não consegui comentar, mas hoje aqui vai.... Como te disse vim à net ver umas cenas de Matemática e aproveitei e vim ver o teu blog e tinhas uma nova publicação. Comecei a lê-la e não sabia que tinha sido eu a escreve-la, fiquei espantada com o meu jeito para escrever ahaha (just kidding)Não me lembro de escrever estas coisas apenas me lembro de estar a escrever um texto numa aula de Filosofia para ti. :p
É verdade que para o ano muita coisa vai mudar, a nossa vida vai dar uma volta enorme, mas vou fazer de tudo para que uma coisa, pelo menos, não mude: a nossa AMIZADE! Há coisas que nós temos que não dá para perder nem esquecer <3 Como disse:... ou posso mudar de ideias e estar lá sempre!
És tão importante *.*
Gostei muito de ler o que escreveste... Obrigado!
ADORO-TE (: (L)
Beijinhos...

RuteRita disse...

muito obrigada mesmo querida (:

L' disse...

Mas que bonito (;
Gostei muito do blog, vou seguir (:

L' disse...

Mesmo :o
Obrigada (:

ana moura disse...

é lindo!
que lindo, adorei :)

Carla disse...

Sim, vou. :/ Obrigada minha querida*

RuteRita disse...

agradecia que levasses o género de selo e as perguntinhas pf (: se não o encontrares na pagina inicial, vai à pagina dos selos e é o segundo, a seguir ao selo oficial e as perguntas estão por baixo. (: