Nothing

segunda-feira, 12 de abril de 2010


Queria estar aqui. Agora. No "Banquinho Solitário".
Onde se pudesse
 pensar sem interferência de ruídos,
gritar sem alguém para nos calar,
correr até não poder mais,
subir às árvores,
agarrar as nuvens,
trazer o luar;

16 comentários:

Alguém... disse...

Adorei (:

Alguém... disse...

Fazem-nos bem =)

PR" disse...

É preciso.. muito preciso! *.*
Se eu ler, eu depois conto :)

Joana Carvalho disse...

adoreiiii *.*

grande imaginaçao, nas seria perfeito acredita *.*

Joana Carvalho disse...

mesmo *.*

mas vais ver qe qualquer dia ja nao havera distancia, já nao havera despedidas, apenas o "ate logo" de manha :)

eu acredito que vamos conseguir *.* é o nosso grande sonho *.*

Joana Carvalho disse...

ja te disse qe es uma qerida?? *.*

obrigada pela força :)

beijinho *

Joana Carvalho disse...

que simpatia *.*

Tiago disse...

amei este texto *.*

Sara Santos disse...

:o eu amo *.* mas ainda bem que gostaste do excerto :)

Sariinha' disse...

obrigada (:

яåfæŀмαrtinš™ disse...

:D

texto bonito (:

Joana Carvalho disse...

ainda bem que gostaste *.*

obrigada qerida :) es uma simpatia *.*

Alexandra Carvalho disse...

Obrigada pelo comentário.
Fico feliz por saber que gostaste, é sempre reconfortante quando alguém diz bem do que nós fazemos, do que nós criamos.

Também vou seguir. beijinho

Gostei do teu blog.

Alguém... disse...

Tu também (:

cláudia disse...

Obrigada : )

tambem gostei muito do teu texto *.*

Daniela * disse...

Espero bem que sim :)